Consumidor desconhece seguro residencial

Consumidor desconhece seguro residencial

Cerca de 68 milhões de casas e apartamentos estão cobertos por Seguro Residencial no país, o que representa um índice de penetração de 14,5%, segundo a Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg). Na Região Nordeste são 18 milhões de domicílios, com 3,87% de índice de penetração. Sergipe aparece na 23ª colocação (2,39%) entre os 26 estados, mais o Distrito Federal, que lidera com 31,37%.

O levantamento feito pela federação aponta ainda que o Brasil registrou entre os anos de 2015/2016 um movimento em prêmios no valor de R$ 1.036.412.944,00. Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro ficam com a maior fatia, 53,79% Sergipe aparece na 24ª posição com um volume de R$ 4.314.691,00.

    “O índice baixo está ligado a falta de informação. A maioria das pessoas tem ideia que o seguro residência é muito caro, comparam com o valor do seguro automóvel” -Danilo Silveira, presidente da Comissão Técnica de Seguros Massificados Patrimoniais da FenSeg

Para o presidente da Comissão Técnica de Seguros Massificados Patrimoniais da FenSeg, Danilo Silveira, o número de imóveis segurados está abaixo do esperado pelo fato do país ter uma extensão continental.

“A maioria das pessoas tem ideia que o seguro residência é muito caro, comparam com o valor do seguro automóvel. Só que isso é apenas uma impressão, na prática a média é de R$ 325 por ano (falando das classes mais ricas, que tendem a ter valores segurados maiores). Um apartamento fica em média R$ 150”, observa o presidente da comissão.

 

Fonte: G1

Compartilhe: Facebook Twitter Google Plus Linkedin Whatsapp