Proteção veicular: presos dirigentes de associação

Proteção veicular: presos dirigentes de associação

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (12) dois homens suspeitos de fraudes na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Eles são dirigentes de uma associação que cobra mensalidades, com a promessa de dar proteção a veículos.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em dois endereços da APM Brasil, em Contagem e em Belo Horizonte, além das casas de funcionários. Pilhas de documentos da cooperativa e de carros foram apreendidos.

A associação é investigada por suspeita de não dar baixa em veículos que tiveram perda total e de vender a documentação para criminosos que esquentavam carros roubados.

A cooperativa de seguros tem 30 mil associados, segundo a polícia. Ainda não há um levantamento do número total de veículos adulterados, mas, até agora, 22 carros com documentação irregular foram apreendidos.

Duas armas foram encontradas nas casas do dono e do gerente da associação. Eles foram presos, levados pra delegacia e liberados após pagar fiança. A APM Brasil confirmou que a polícia esteve na sede da associação para solicitar informações e documentos e que os representantes foram convocados para prestar depoimento. A associação disse ainda que está prestando todos os esclarecimentos necessários e que as suas unidades estão funcionando normalmente.

Fonte: G1

Compartilhe: Facebook Twitter Google Plus Linkedin Whatsapp