logar
Esqueci minha senha
recuperar senha
Voltar
ir para site da fenacor
Primeira Edição

Profissionais de Imprensa de todo o Brasil inscreveram 491 reportagens em seis categorias ("Mídia Impressa", "Televisão", "Rádio", "Webjornalismo", "Mídia Especializada" e "Categoria Especial Corretores de Seguros") na primeira edição do "Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros", organizado pela FENACOR, com o apoio da Escola Nacional de Seguros e da CNSeg.

Desse total, 51,3% trabalhos foram gerados na Região Sudeste; 20,4%, no Nordeste; 18,1%, no Sul; 9,6%, no Centro-Oeste; e 0,6%, no Norte.

A escolha dos 10 finalistas em cada categoria coube a seleto júri formado por jornalistas, executivos do mercado e professores da Escola Nacional de Seguros. Na "Categoria Especial Corretores de Seguros", 1.025 corretores de seguros elegeram os vencedores em votação feita através do aplicativo FENACOR ou no site da Federação.

Bruna Sousa


"A reportagem "Seguros", vencedora da Categoria Especial - Corretor de Seguros, surgiu como uma pauta sobre roubos de carros. Era uma matéria com o balanço desse tipo de crime na Paraíba. Ao procurar a delegacia em busca de personagens, percebi que as vítimas ficaram no total prejuízo por falta de seguro. Isso me intrigou e pedi à editora para ampliar a matéria e falar sobre seguros em geral, o que acabou gerando duas grandes reportaggens. Pesquisei o assunto, solicitei dados e a pergunta central era: o que o paraibano mais tem medo de perder? Com base no que mais assegurava com apólices. Com os dados em mãos percebemos o quanto o setor movimenta a economia e resolvemos comparar com os gastos declarados com saúde na Receita Federal. Para nossa surpresa, os paraibanos gastavam mais com seguros do que com a saúde. Assim, puxamos esse mote. E encontramos famílias que têm todo tipo de seguro, o que parece um gasto enorme é um investimento em segurança e futuro. É assim procuramos especialistas para falar sobre a cultura do seguro e esse medo de perder o bem material ou não. Aí fizemos um balanção sobre todos os ramos de seguro na Paraíba."

Mariana Barros


"Minha história com o mercado de seguros começou quando ainda era estagiária do Sindicato das Seguradoras do Norte Nordeste e assim que me tornei profissional, trabalhando em veículos de comunicação, sempre tive o interesse de levar ao leitor e telespectador a importância desse setor para o desenvolvimento econômico do país. Além disso é um mercado que é muito engajado em trabalhos sociais, na qualificação profissional, na educação no trânsito e principalmente na informação do público em geral sobre questões de saúde, segurança, bem estar, pois afinal de contas o seguro está presente no cotidiano de todos. Participar dessa premiação e ter vencido em minha categoria foi extremamente importante para incentivar outros colegas da região a produzirem mais conteúdos sobre o mercado segurador e pessoalmente um grande reconhecimento profissional que me motiva a continuar mostrando aos nossos telespectadores as oportunidades e importância do setor."

Galeria